Bodum travel press mug

A minha história com o café por estes lados já tem algum tempo. Primeiro foi a máquina de café cá de casa (a que até hoje faz o café que mais gosto de beber, dentro e fora de casa). É uma Philips Senseo simples, comprada em segunda mão e que funciona com almofadas de café (com qualquer uma, incluindo marcas brancas de supermercado) e é tão simples no que promete que supera as expectativas.

Depois veio o trabalho. Antes havia uma máquina de café clássica que tirava expressos e americanos que, para mim, eram intragáveis (com ou sem açúcar), pelo que me rendi ao Latte Macchiatto. Há pouco tempo instalaram uma Nespresso profissional (das que funcionam com as cápsulas grandes), mas a verdade é que me habituei tanto ao Macchiatto que não consigo beber um café longo como antes, muito menos vindo de uma máquina expresso. Fora de casa, até agora, a minha opção era o Nescafé solúvel.

Decidi então experimentar uma French Press. Tínhamos uma antiga do Ikea cá em casa, que já deixava passar mais borras de café do que as que empurrava e graças à Amazon aqui tão perto o E. comprou-me uma Bodum travel mug, que prometia café em movimento, com a opção French Press.

Depois de uma semana em cima da bancada da cozinha, lá me decidi a experimentar isto hoje.

Processed with VSCOcam with c2 presetProcessed with VSCOcam with c2 presetO café veio de Cuba e ainda estou a aperfeiçoar a minha arte de moer até à consistência correcta (o que numa French Press deve ser uma consistência não muito fina).

Processed with VSCOcam with c2 presetProcessed with VSCOcam with c2 presetCafé moído, segui as instruções: água (0,2l correspondem a 2 colheres de café moído), mexi e esperei 4 minutos.

Processed with VSCOcam with c2 presetAltura da French Press propriamente dita. Em termos de resíduos e borras, fiquei muito satisfeita, mais do que estava com a nossa antiga do Ikea.

As instruções dizem para adicionar o açúcar apenas depois de empurrar o café, no entanto o orifício de abertura é extremamente pequeno (não percebo como é suposto meter o açúcar e mexer o café através daquela abertura)!

Outra queixa tem mais a ver com o café de Cuba. É extremamente fraco e o sabor não é tão forte e aromático como eu quero. Penso que vou regressar ao básico e tentar um passo de cada vez: vou comprar café já moído, um pouco mais forte e experimentar novamente.

Anúncios
Bodum travel press mug

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s