Algumas coisas que eu diria a mim própria com 18 anos

Inspirada por este post, e por um exercício que fizemos nas aulas de alemão, decidi fazer o exercício de dar alguns conselhos a mim própria, quando tinha 18 anos.

O exercício que nos propuseram nas aulas foi uma reflexão sob o tema “Ich bin wie ich bin, weil…”. Na verdade, no dia a dia, pouco penso nas diferenças entre o que era e o que sou. Na minha cabeça, não há assim tantas diferenças e por vezes penso que 10 anos não deixaram assim tanto que valha a pena dizer. Até que, de repente, acontece algo que me faz recordar este caminho…

  1. Nada substitui sermos sinceros, principalmente em relação a nós. As pessoas gostarem da personagem que criamos é tão solitário como ninguém gostar de nós como somos… e muito mais cansativo! Se pensar bem, aos 18 anos era bem mais sincera comigo própria do que fui nos anos seguintes. Mas o que interessa é que o era sem me aperceber, daí ter caído nesse erro depois.
  2. Não faças nada que sirva apenas para ter a apreciação dos outros. No final do dia quem lida com as consequências és tu. Esta é uma lição que aprendi tarde, principalmente porque a maior parte das vezes não me apercebia que o estava a fazer. Comecei a ter essa noção quando a reacção dos que tentava agradar não era a que esperava, e superava mesmo a satisfação que tirava das óptimas experiências que tinha, apenas porque não eram valorizadas por quem eu queria.
  3. Fala mais. Não consigo perceber em que momento é que ganhei este medo de dizer algo idiota em público. Mas a verdade é que durante a Faculdade mal abri a boca (quando o fazia era com um texto excessivamente preparado e sem conseguir relaxar) e só quando comecei a trabalhar é que ganhei instrumentos para disfarçar (e nunca fazer desaparecer) esta característica. Tenho a certeza que se o tivesse feito desde os 18 anos, a teoria do fake it till you make it teria resolvido o assunto.
  4. Não imaginas a irrelevância que 10 quilos a mais tem na vida de uma pessoa. Oh boy… toda a gente passou por isso: ser o gordo, o feio, o estúpido, o cromo, o caixa d’óculos. E no entanto não deixa de ser a posição mais solitária do mundo. Ainda assim a vida continua, mesmo que nunca deixemos de ser os gordos, os feios, etc.
  5. Sim, as notas que tiras vão ser importantes. Principalmente no curso que escolheste, as notas vão ser importantes. Sei que na Faculdade a visão que temos é a de um tabuleiro de xadrez, onde as notas são apenas resultado de diversas jogadas estratégicas. Mas depois, o curso e a vida académica passam e o que interessa mesmo é se sabes ou não aquilo que te ensinaram. E se não sabes, vais ter de estudar outra vez…
  6. Infelizmente as coisas que mais gostas na vida não te vão dar o dinheiro suficiente para sobreviveres. E tens sorte se não forem essas mesmas coisas as que vão consumir grande parte do dinheiro que vais ganhar.
  7. A verdade é que as experiências que mais te vão marcar na vida não vão significar nada para a maioria das pessoas com quem vais interagir. Na maior parte das vezes vais aprender que não vale a pena tentar explicar como determinada experiência foi life changing. Não vai ser life changing para mais ninguém.
  8. Aproveita a tua família. Vais perder gente mais cedo do que imaginas.
  9. Pára de tentar adivinhar as segundas intenções de quem te rodeia. Dizer ou não dizer o que se pensa é um direito e dever dos nossos amigos. Não temos de ser nós a decifrar o que ficou por dizer.
  10. Vive no presente, para o presente. Se há 10 anos atrás queria muito ter 28, neste momento não me consigo imaginar sequer com 30.
Anúncios
Algumas coisas que eu diria a mim própria com 18 anos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s