Espanha | Fevereiro 2012

Estava eu a espreitar as fotos que ainda se encontram esquecidas no cartão de memória da minha máquina fotográfica (fruto das mudanças que entretanto se verificaram na minha vida) quando me apercebi que não registei uma das viagens que eu e o E. fizemos este ano.

É certo que foi uma viagem improvisada, mas com alguns dias que conseguimos juntar pelo carnaval, pegamos no carro (no smart…) e fomos à deriva por Espanha, tendo o País Basco como destino, onde já queríamos ir há algum tempo.

1. Santiago de Compostela

Como era habitual na minha pessoa, trabalhei no dia em que iamos viajar, portanto só nos pusemos a caminho de Santiago já estava escuro e chegamos já muito para além da meia-noite.

O Hotel em que ficámos em Santiago foi o único que marcámos com antecedência. O critério de escolha era ficar perto da saída da auto-estrada. Sabíamos que iamos chegar tarde e que não iamos ter paciência para andar à procura de hotel no centro da cidade. Depois de descansar durante a noite, saímos do hotel já de malas feitas e fomos passear. Ainda fazia frio em Fevereiro, mas a cidade é muito bonita.

2. La Coruña

Apesar do nosso destino estar mais à direita no mapa da península ibérica, não podíamos deixar de visitar A Corunha, principalmente a Torre de Hércules. Estava fechada, e ainda assim cheia de turistas. Mas valeu a pena… Depois de uma visita rápida, lá nos fomos dirigindo às Asturias. Dormimos em Gijón, terra que estava sempre no coração do meu avô…

3. Covadonga

Já a caminho de Santander, resolvemos parar na pequena vila de Covadonga, nos Picos da Europa. Covadonga é mais um dos lugares de adoração a Nossa Senhora e, apesar de não sermos religiosos, não há forma de evitar o espanto quando nos deparamos com uma igreja que se situa no topo de uma pequena montanha, ou na capela que se esconde numa encosta. E por espanto, deve entender-se uma certa sensação de creepyness

4. Guernica

Chegamos a Bilbao à noite. Entre as indecifráveis estradas daquela cidade, perdemo-nos algumas vezes, mas quando chegamos ao Hotel só conseguiamos pensar em comer e dormir. No dia seguinte fomos a Guernica.

Imortalizada por Picasso, Guernica surpreendeu-me. Na minha mente, Guernica seria algo parado no tempo. Não é. Tem um museu da Paz que é imperdível e podemos visitar a árvore de Guernica, o Museu Euskal Herria e a Casa de Juntas.

No final do dia voltamos a Bilbao para nos encontrarmos com o I. que nos levou a conhecer os sítios menos turísticos. No final do dia dirigimo-nos a Victoria-Gazteiz e depois de volta a Portugal.

Foi uma viagem cansativa e fazê-la no Smart não foi a melhor escolha. Mas tendo em conta que tínhamos  poucos dias, e que naquela altura o plano para as grandes férias não passava pela Europa, foi uma aposta ganha.

Anúncios
Espanha | Fevereiro 2012

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s