Foi só de raspão…

Na semana passada bateram-me no carro.

Por alguma razão desconhecida, a Avenida da Liberdade estava cortada na quinta-feira passada e, a caminho de casa, vi-me obrigada a voltar para trás nas laterais da Avenida. Havia muito trânsito e o sinal estava vermelho. Estava calor e eu (para poupar no gasóleo) tinha a janela aberta e ia ouvindo a música que vinha do quiosque que estava mesmo ali ao lado, até que senti um ligeiro abanão no carro e, quando olho para o lado, vejo uma mota. Digo “Hey… Acabou de me bater no carro!”.

E é neste momento que me sinto a ser transportada para uma realidade paralela.

O homem montado na mota, com um grande capacete cinzento responde: “Ah… sim… mas foi só de raspão”. Eu sinto que pus a minha cara “ULTRAJE!” e só me sai em seguida algo como “Mas você acha normal isso que me está a dizer?”, sabendo ainda assim que o estrago não havia de ser grave. E eis senão quando aquela pessoa consegue surpreender-me ainda mais com um “Assim como assim, o carro já está partido daquele lado” antes de acelerar no sinal verde.

Sim. O meu carro está ligeiramente lesionado daquele lado, graças a uma manobra em marcha atrás que fiz sem a devida atenção, mas isso não é livre trânsito para raspadelas de motas!

Quando finalmente estacionei o carro e contei ao E. o que se tinha passado, fomos ver como estava o carro. Ao lado do já partido estavam apenas dois arranhões com a cor da mota que me tinha batido. Mas não foi tanto o estrago, foi a atitude que me surpreendeu… Afinal, onde está a empatia pelo outro?

Anúncios
Foi só de raspão…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s