Esta vida de senhoria já deu cabo de mim (preparação para o 2º round)

Após cerca de 5 meses, vejo-me novamente com a casa para arrendar.

As coisas não começaram bem, mas fui desvalorizando, em grande parte porque a rapariga do casal que me arrendou a casa era irmã de uma ex-colega de escola, ainda que só o tenha descoberto na assinatura do contrato. Logo nessa altura faltou a caução e a renda de avanço. Achei que, por estarem em dificuldades, não devia exigir-lhes o devido.

Em Dezembro soube que o rapaz, o único com emprego, tinha ficado desempregado. No entanto, não fiquei tranquila já que, em vez de falarem comigo, não tinham passado a renda nem atendiam o telemóvel. Quando finalmente falei com eles, fiquei a conhecer a situação crítica e, face ao que achei ser uma situação de excepção, perdoei metade da renda do mês de Dezembro e recomeçavamos tudo em Janeiro.

Desde Janeiro até final de Março, não houve um único mês em que a renda tivesse entrado a dia 8. Pensamos, eu e o E., que talvez lhes desse mais jeito pagar no final do mês, mas mais uma vez não conseguimos falar com eles. Até que, em Março, decidimos que chegava. O dinheiro não tinha entrado e fizemos um ultimato.

A rapariga foi ter connosco com metade do dinheiro. Supostamente o rapaz viria a seguir. Nunca apareceu.

Combinamos que dia 31 me dariam o resto do dinheiro e a chave. A chave estava na caixa do correio, o dinheiro não.

Neste momento a casa precisa de uns pequenos retoques até poder voltar ao mercado, mas esperamos resolver esta situação o mais depressa possível.

Foi uma má experiência, mas não chegou para me assustar. Penso que da próxima vez não vamos ser tão abertos em relação às necessidades dos outros e vamos pensar mais que “obrigações são obrigações”. De qualquer forma, continuo com a convicção de que estes comportamentos dependem mais da personalidade de cada um do que propriamente da actividade de arrendamento. Vem da maturidade das pessoas a avaliação da capacidade de suportar um determinado custo e a obrigação “interior” de pagar o que se combinou. Chamem-me optimista…

Anúncios
Esta vida de senhoria já deu cabo de mim (preparação para o 2º round)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s